Programação
8º Congresso Brasileiro de Natação Infantil

Abertura

13h30 – 14h10

Painel da ABPNI: Profissional de natação infantil: considerações e perspectivas.

14h10 – 15h10

Denise Martins de Araújo, Ernani Xavier Filho, Juliana Janssen Barbosa, Paulo A. Poli de Figueiredo e William Urizzi (mediador)

Quatro acadêmicos da ABPNI discutirão temas importantes para ajudar a balizar os congressistas na sua carreira profissional. Alguns dos tópicos do painel: O que um profissional de natação infantil deve conhecer? Quais dificuldades o mercado de trabalho da natação infantil está encontrando? Quais são as possiblidades e perspectivas para o profissional de natação infantil?


Questões existenciais tanto do bebê quanto da criança e como podemos conciliar acolhimento e limites?

15:30 – 16:30

Jurema Teixeira

A palestra tem como objetivo abordar as questões existenciais do bebê e da criança como a experiência do desamparo , a construção da confiança básica com o adulto fundamental e também a importância do limite como um continente para as angústias tanto do bebê como da criança. No início da vida, o adulto deve mostrar capacidade de suportar as angustias como também oferecer os limites para a criança poder se situar e se orientar no mundo.


Discutindo sobre metodologia e sobre uma aula ideal de natação infantil

16:30 – 17:30

Jocian Machado Bueno

Partindo da compreensão do universo da didática e da metodologia da natação infantil, com a apresentação de pesquisas, faremos uma reflexão compartilhada com os participantes sobre os seguintes temas: O que é um projeto metodológico e como construo uma metodologia? O que é aplicar pedagogia nas aulas? Como organizar a montagem de suas aulas? O que a criança hoje precisa em uma aula de natação infantil?


Aprendizagem motora: um mergulho nas dez variáveis decisivas para o ensino do nadar infantil.

17:30 – 18:30

Fabrício Madureira

Nos últimos anos uma crescente quantidade de pesquisas têm evidenciado variáveis de ensino que parecem ser decisivas na aquisição da habilidade do nadar na infância, entre elas estão, 1-) forma de execução das práticas (todo ou partes); 2-) tipos de prática (simulação, simplificação e mental); 3-) tipos de instrução verbal (dicas, foco externo e auto-fala); 4-) tipos de demonstração (modelos e velocidades); 5-) feedbacks (frequências, tipos e momentos); 6-) características individuais (introvertido, extrovertido e com transtorno do desenvolvimento da coordenação); 7-) estâmina – controle de intensidades; 😎 auto-regulação; 9-) proporções de ações do profissional (correção, motivação, informação e organização) e 10-) estabelecimento de metas (qualitativas, quantitativas e duração – curto e longo prazo)

Metodologia AquaPedagogy para bebês e crianças (1ª parte).

08:30 – 10:00

Uwe Legahn

O objetivo é apresentar como se desenvolve o trabalho de bebês e crianças, mostrando fundamentos, exercícos da metodologia, a postura nas aulas e a utilização de materiais, ente eles os flutuadores de braços como apoio pedagógico, além do processo para ensinar os 4 nados. Haverá suporte de vídeos para facilitar o entedimento do trabalho.


Metodologia AquaPedagogy para bebês e crianças (2ª parte)

10:20 – 12:00

Uwe Legahn


A natação infantil e o desenvolvimento de valores morais.

13:30 – 14:00

Palestra do Participante – Ester Francisca Mendes

Com o objetivo de identificar, em crianças entre quatro e oito anos de idade, as fases ou níveis de desenvolvimento da noção de dever moral, o departamento Científico da MGB elaborou um questionário, com base na teoria de Jean Piaget sobre o juízo moral na criança, que foi aplicado durante a campanha “Desbravando os 7 mares”. Os resultados serão apresentados nesta palestra.


Treinamento precoce e intenso em crianças e adolescentes

14:00 – 15:00

Dartel Ferrari de Lima

A especialização desportiva no início ou em meados da infância tornou-se cada vez mais comum. Enquanto a maioria dos especialistas concorda que é necessário algum grau de especialização para atingir os níveis de elite, há algum debate sobre se tal tempo de prática intensa deve começar durante a infância com a exclusão de outros esportes para maximizar o potencial para o sucesso. Há uma preocupação de que a especialização esportiva antes da adolescência pode ser prejudicial para um jovem atleta.


Metodologia Aquatop de 0 a 12 anos

15:00 – 16:00

Ana Paula de Melo Moreira e Késia Medeiros

A Aquatop possui o SEA- sistema de ensino Aquatop. Este programa de natação foi desenvolvido nos últimos 15 anos para ensinar a natação com prazer. Educamos e praticamos valores como amizade, família, amor ao próximo, cuidado com o meio ambiente entre outros. Nosso programa pedagógico, utiliza o evento de comemoração internacional UNESCO publicado anualmente, como também a psicomotricidade, aproveitando as potencialidades dos indivíduos nos seus aspectos cognitivo, motor e afetivo-social.


Encerramento

16h00

© Copyright 2009-2013 INATI - Instituto de Natação Infantil. Todos os direitos reservados.